domingo, maio 13, 2007

O sonho de Lancelote na Capela do Santo Graal


Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Lancelote e o anjo


Esta belíssima obra de arte foi criada por Sir Edward Burne-Jones, artista pré-rafaelita, em 1896. A beleza do quadro não é somente plástica, pois conta uma história plena de significado espiritual.

Na busca pelo Santo Graal, Lancelote chega a Capela onde este está guardado. Ele dorme e sonha com o anjo que protege a relíquia sagrada. O anjo aparece (em forma feminina, que bonito!) e diz ao cavaleiro que ele nunca poderá encontrar o Santo Graal porque está cometendo adultério. Ele é amante de Guinevere, a rainha esposa do Rei Arthur, seu amigo e senhor.

Só os puros podem alcançar o Graal. Lancelote, com a alma manchada pelo pecado, fica então impossibilitado de pôr as mãos naquilo que é sagrado. No fim das contas quem encontra o Graal é seu filho Galaad, “O Puro”, um jovem de comportamento imaculado, puro de coração. Ao tocar o Santo Cálice, Galaad é levado ao Céu.


Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Galaad


Curiosamente o modelo utilizado para Sir Lancelote neste quadro foi o próprio Burne-Jones, que vivia uma história parecida, já que era amante da jovem artista plástica grega Maria Zambaco. Ela aparece em algumas de suas pinturas. Aqui está uma delas em que a jovem grega é retratada como Nimue, em mais um quadro sobre a lenda do Rei Arthur:


Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Merlin e Nimue


Burne-Jones foi um artista admirável. Suas pinturas sobre as lendas arturianas deixam em mim a impressão de que ele buscava a redenção. Espero que tenha encontrado.

redenção