quarta-feira, fevereiro 13, 2008

A capacidade de sofrer por amor da verdade é medida de humanidade






Torna-se cada vez mais difícil entender palavras como estas no mundo de hoje. Sofrer por amor da verdade? Taí algo que mal vejo acontecer.

Atualmente o que mais vale para as pessoas é buscar a satisfação dos sentidos. Isso acontece mesmo com aquelas que julgam estar vivendo uma espiritualidade. Pois pensam que espiritualidade é sentir isso ou aquilo, é ter experiências, visões, premonições...


Vejo isso como uma permanente busca de evasão da realidade que leva ao afastamento da verdade e em último caso ao esfriamento da fé. Sim porque se não conseguirem o que almejam, sua fé vai estar firme ainda?

Hoje as pessoas querem missas onde se canta rock, querem falar em línguas, ver anjos de luz, entre outras coisas. Esquecem-se que Satanás se disfarça em anjo de luz...

Para quê pedir tais coisas a Deus? Para se sentir melhor perante si mesmo? Perante o mundo? Vaidade, tudo é vaidade...

Qual a esperança que traz alguém que busca por sinais o tempo todo? Esse tipo de vida espiritual não será simplesmente “fogo de palha”?

O caminho cristão não é fácil. Hoje as pessoas buscam por facilidades. Não é à toa que terminam por se envolver com certas práticas perniciosas para a alma.

Para caminhar com Cristo é preciso deixar o orgulho de lado e saber vencer caprichos.

Hoje a mensagem para a Quaresma é: humildade.