quinta-feira, agosto 14, 2008

Quer saber mais sobre Idade Média?

Se você quiser saber mais sobre Idade Média, não espere encontrar nada de verídico ou ao menos substancioso nos livros do MEC.

Muitos autores tendenciosos, ao escreverem sobre essa era histórica, tem como alvo atacar a Igreja; e para tal, não pensam duas vezes em deturpar fatos ... ou inventar outros.

Para se ter uma idéia do que foi essa verdadeira era de luzes, não deixe de visitar os seguintes blogs:


Glória da Idade Média
As Cruzadas
Castelos Medievais
Catedrais Medievais


Para comentar este artigo, acesse o blog fonte:

4 comentários:

  1. Livros do MEC nunca foram confiaveis. Nem hoje,nem nos tempos dos militares.

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  2. Eduardo Araújo8/14/2008

    Olá, Andrea! Não posto um comentário há um bom tempo, mas nunca deixei de acessar este seu excelente blog.

    E você nem imagina o quanto adoro esse assunto da Idade Média. Quando nós saímos do ensino médio, infelizmente temos a cabeça bem doutrinada por uma historiografia marxista e iluminista (ainda) extremamente mentirosa.

    Os marxistas, no seu tolo reducionismo, pretendem enxergar em toda a história conflitos de classe, precisando para isso eleger opressores e oprimidos. Assim, fica fácil (e mentiroso, ridículo) engendrar uma "história" do período medieval em que a Igreja é sempre retratada de modo a caracterizar o opressor, a classe dominante.

    Já os iluministas, no seu fanatismo anticlerical tudo fizeram, usando a maior desonestidade intelectual possível, para estabelecer um antagonismo para a idade das "luzes" (a deles, tão modestos), gerando esse preconceito estúpido de "idade das trevas", por ser o período de grande influência da Igreja. Vale dizer que Diderot e Voltaire - este, especialmente - mentiram cinicamente, inclusive forjando versões que fossem convenientes para desqualificar a "infame", na Enciclopédia e no Dicionário Filosófico.

    Do, infelizmente nenhum livro didático ou paradidático (estes chegam a ser os piores) pode ser confiável quando a matéria é história. Os vícios que aprendemos a identificar com os bons autores são numerosos, comprometendo todo o conteúdo. Este em geral mostra-se de indisfarçável viés ideológico e seguindo a linha que citei acima - marxismo e iluminismo na base de uma história que mereceria ser tomada por "estória", de tão interpretada e re-interpretada que é, ao sabor das convicções (anti)religiosas e políticas dos autores.

    ResponderExcluir
  3. Olá Eduardo!

    Realmente é bem como vovcê escreveu, infelizmente. O pior é ver como as pessoas tiveram suas cabeças "feitas" por esse pessoal mentiroso! Agora que estou me dedicando a estudar a história (principalmente da Idade Média) através de autores confiáveis, historiadores como Regine Pernoud, Daniel Rops, Jacques Le Goff, Henri Pirenne, estou vendo o quanto de mentiras, de calúnias horrendas foram inventadas e propagandeadas mundo afora, pelos protestantes, iluministas e marxistas! É triste!

    Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Andrea, conheço os blogs mencionados, e realmente são muito bons.

    Felizmente temos algumas fontes muito confiáveis sobre a Idade Media, como Regine Pernoud, por exemplo.

    Andando por aí encontramos algum medievalista apaixonado que não acredita nas bobagens ditas por aí, desta forma.

    Abraços!

    P.S.: ando muito sem tempo para isso! Uma pena! :(

    ResponderExcluir

Antes de fazer seu comentário: ele deve ser relacionado ao post, e feito respeitosamente. Reservo-me o direito de não publicar comentários que julgue desnecessários ou desrespeitosos. Os comentários não expressam a minha opinião e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.