terça-feira, maio 19, 2009

Liberdade no país de Obama: presos por protestarem contra o aborto







Mais de quarenta pessoas que protestavam contra o aborto no campus da Universidade de Notre Dame - uma universidade católica, repare no nome - nos Estados Unidos foram presas. Aconteceu no domingo, Dominus Dei, dia 17 de maio de 2009.

Aí está o país da liberdade na era Obama! O ferrenho defensor do aborto, presidente Barack Obama pede tolerância sobre a questão do aborto. E desde quando deve-se tolerar a morte de crianças? E cadê a tolerância para com o padre e as outras pessoas presas porque protestavam civilizadamente contra o aborto?

E eles prendem em nome da liberdade? Mas ora essa, estamos vivendo em pleno Big Brother? É a novilíngua imperando?

Como pode uma universidade cristã chamar para discursar um abortista confesso? Um homem que está dando o dinheiro do povo americano para fomentar o assassinato de crianças mundo afora? Tenho muito nojo disso tudo!

Vejam as cenas:

Liberdade no país de Obama: presa por protestar contra o discurso do presidente, na Universidade de Notre Dame.

Estudante anti-aborto, protesta na Universidade de Notre Dame,
durante discurso de Obama.

Um desconhecido preso por protestar contra o aborto em Notre Dame



Vejam os vídeos:

Padre de 80 anos preso no campus da Universidade Católica de Notre Dame por protestar contra o aborto:


O padre, atônito, pergunta: "vocês estão prendendo um sacerdote católico por tentar salvar a vida de uma criança?! Pensem! Não percebem que estão raciocinando ao contrário?

O pastor que também protestava com o grupo faz um belo comentário: “Tenho o coração partido. Que dia triste para nosso país, quando um homem de Deus é preso por criticar o presidente mais favorável ao aborto da história dos Estados Unidos.”

Padre Norman Weslin em Notre Dame

Dr. Alan Keyes também é preso no mesmo campus por protestar contra o aborto:


Que mundo é esse? Onde é que estamos chegando? Defender a vida agora é crime? Onde é que nós vamos parar?


São Miguel Arcanjo defendei-nos no combate!

4 comentários:

  1. Oi Andrea.
    Parabéns pelo blog e por esse post em especial.

    Assino o feed do Blog, esta manhã quando li seu post, não me contive e também publiquei no meu (lhe creditando o post original).

    é um absurdo para onde estamos indo... o mais impressionante é lembrar daqueles versos: "Se vos perseguem por causa de mim não vos esqueçais o porque... Não é o servo maior que o Senhor"

    Que Deus a abençoe, e a ajude a continuar na luta.

    Obs: No nosso site (Vivo pela Vida), produzimos um vídeo para discutir a questão do aborto a partir dos documentários "O fim do Silêncio" e o "Grito silencioso"... você já viu?

    abraços

    ResponderExcluir
  2. Luis, muito obrigada pela leitura!

    Vi esse vídeo sim e gostei muito! Já está nos meus favoritos. Inclusive quero postar aqui também.

    Que Deus o abençoe e São Miguel Arcanjo o proteja no combate!

    ResponderExcluir
  3. Bom dia Andrea!

    Não sei se você já viu, mas nós do Vivo Pela Vida, produzimos a segunda versão do vídeo "O Fim do Silêncio ou o Grito Silencioso". Infelizmente foi necessário retirar a primeira versão, mas essa segunda veio pra ficar.
    Gostaríamos de te convidar para ver o vídeo, e se gostar, nos ajudar a divulgá-lo em seu blog, seus emails, amigos, etc... Link: http://vivopelavida.com.br/2009/10/08/fim-do-silencio-ou-grito-silencioso-ii/

    Acreditamos que como já disse Martin Luther King: "O que mais me preocupa não é nem o grito dos violentos, dos corruptos, dos desonestos, dos sem caráter, dos sem ética. O que mais me preocupa é o silêncio dos bons"..

    Muito obrigado por sua disponibilidade em fazer desse mundo um lugar melhor para se viver.
    Deus lhe abençoe

    ResponderExcluir
  4. Muito obrigada, Luis! Vou assistir sim.

    Que Deus te abençoe!

    ResponderExcluir

Antes de fazer seu comentário: ele deve ser relacionado ao post, e feito respeitosamente. Reservo-me o direito de não publicar comentários que julgue desnecessários ou desrespeitosos. Os comentários não expressam a minha opinião e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.