quinta-feira, junho 18, 2009

O culto divino






"Não prestamos culto a Deus pelos sacrifícios exteriores ou oferendas, como se Deus disso precise, mas por nossa causa e por causa do próximo. De fato, Deus não precisa dos nossos sacrifícios, mas quer que se lhes sejam oferecidos para [que possamos] exercer assim a nossa devocão, e [também] para que isso aproveite ao próximo. Por conseguinte, os atos de misericórdia, pelos quais são socorridas as necessidades alheias, é o sacrifício mais aceite a Deus, em razão de satisfazer mais imediatamente a utilidade do próximo, conforme se lê em Hebreus (13,16): não vos esqueçais da beneficência e da liberalidade, pois Deus se agrada com tais sacrifícios (II-II, q.30, 4 ad1)"

Fonte: Sal Terrae