sexta-feira, novembro 27, 2009

Harmonia no relacionamento

2 comentários




Para que a haja harmonia entre o casal é necessário que ambos possam fazer reflexões sobre o estado emocional de cada um. Parar e pensar se aquele incômodo é mesmo com o outro ou se é algo interno que está sendo projetado no parceiro ou no relacionamento. Outra coisa muito importante é o diálogo. Conversar é essencial. Procure deixar seu parceiro a par do que acontece em sua vida, dos programas que você faz, das pessoas com quem você fala. Não estou dizendo que você tem que obrigatoriamente fazer relatórios de suas vivências diárias para ele ou para quem quer que seja. Apenas sugiro que estreite os laços entre vocês ou forme novos laços a partir de um companheirismo, de uma convivência sadia. Participar ao outro o que se passa conosco, mesmo que seja algo banal, termina por fazer com que o outro confie mais em nós e se sinta apto a contar o que se passa com ele também. Isso aumenta as chances do relacionamento ser bem sucedido. Os dois passam então a “vibrar” na mesma escala. Uma relação em que os dois podem conversar sobre tudo é muito positiva no sentido de fazer com que haja crescimento individual. Um auxilia o outro, um apóia o outro.

É muito fácil alguém dizer que ama a humanidade, mas não acorda todo dia com ela, não paga as contas com ela, não vê a cara feia, o mau humor...ou seja, fácil é amar o que está distante, o que não incomoda, o que é bonitinho. Desafio é amar no cotidiano, vendo os defeitos, brigando, pagando contas... Tem aquela estória de santo de casa não fazer milagre, né? Quantas vezes o parceiro (ou o pai, a mãe) chega e diz várias coisas necessárias ao nosso desenvolvimento e a gente não dá atenção, indo ouvir justamente um amigo que não convive conosco, alguém que está mais afastado do nosso cotidiano? Isso acontece muito, terminamos algumas vezes por não dar o devido valor àqueles que estão próximos demais de nós. E cometemos o erro de deixar de aprender e de deixar de valorizar o ente querido, que pode se sentir jogado para escanteio (e com razão!). Por isso o diálogo é importante, o respeito ao outro, o querer fazer bem, fazer o outro feliz. Claro que nem sempre é fácil, principalmente se nunca passamos por situações que pudessem desenvolver nossos sentimentos a esse respeito e se não estamos bem resolvidos com nós mesmos. Mas, quem é que está bem resolvido consigo mesmo? A vida é cheia de altos e baixos, um dia você está equilibradíssima, em cima do salto, outro dia você cai até de chinelo havaiana!

O desenvolvimento da empatia é muito importante e eu penso que se possa conseguir isso com algum treino. Procurar ouvir as pessoas, procurar entender o que se passa com elas, assistir a filmes e ler livros que tratem de relacionamentos, de sentimentos e emoções, lidar carinhosamente com animais de estimação, tudo isso ajuda a desenvolver nosso lado emocional (não estou tratando aqui de sentimentalismo). E o lado emocional bem resolvido, facilita nosso dia-a-dia, traz e leva conforto, além de fazer com que entremos em contato com o que há de mais belo e verdadeiro em nós: o amor! Somos seres de amor, o amor vive à nossa volta o tempo todo, só precisamos conectar com ele, destruir os muros que o egoísmo criou, muros estes que impedem nosso deleite no amor.

Deus é Amor!
vida

quarta-feira, novembro 25, 2009

Está cansado? Respire fundo e aguente firme!

0 comentários



Se você está cansado de esperar que as coisas melhorem, se se sente cansado, triste, sem esperanças, tenha calma e não desespere! O que falta em usa vida é o sentido. Busque o Sentido, tenha esperança que vai encontrar o que é mais importante para você.


"Fizeste-nos para Ti e inquieto está o nosso coração enquanto não repousar em Ti."
(Santo Agostinho)


Santo Agostinho disse que não descansaremos enquanto não repousarmos em Deus. Então tenha em mente que a luta é grande, que você viverá momentos difíceis algumas vezes, que a sua vida pode ser difícil, mas que há alguém que te espera, alguém que estende a mão para você, mesmo que agora você não consiga enxergar.


"A vida é uma contínua luta. Se às vezes há uma trégua é para respirarmos um pouco".
(São Pio de Pietrelcina)


A luta é grande, mas tudo isso passa. Tenha calma, respire fundo, não ligue para a opressão no seu peito. Por mais areia que caia em seus olhos, lembre-se que Deus te ama, te chama, te espera e estende a mão para ti. Um dia você vai conseguir agarrar esta mão e se libertar. Tenha fé. Aguente firme.

Tenha fé!
vida

quarta-feira, novembro 18, 2009

Espero a tua misericórdia

0 comentários
vida
Às vezes a aridez da alma é tanta que a dificuldade de orar se torna enorme. Parece que o terço pesa nas mãos, a cabeça vai longe e é um custo para voltar. A atenção tem que ser redobrada, porque não há doçura, tudo está confuso, a mente em turbilhão e o corpo cansado ou inquieto.

Mas não desisto e oro assim mesmo. Sei que Deus é misericordioso, aceita mesmo as orações de gente que não é santa. Sei que Ele me ama! Não sei por que, mas é assim.

São fases difíceis, altos e baixos, uma certa indolência e preguiça, uma certa falta de vontade de cumprir as tarefas espirituais. Mas sei que isso é uma fase e tenho esperança que vou estar com Deus um dia. Creio na misericórdia divina!

Sei também que isso não é nenhuma novidade na vida do cristão. Muitos passaram e passam por isso. Mas se Deus permite tal secura é porque Ele sabe o quanto podemos suportar e sabe também qual o propósito disso tudo.

Eu Vos amo, Senhor e não desisto de Ti. Por mais que eu me sinta incapaz e inferior, não importa! Eu Te busco, sempre Te busquei e sei que o Senhor me quer também, mesmo sendo como eu sou.

A esperança deve andar sempre conosco!

Espero a tua misericórdia, meu Deus!
vida

quarta-feira, novembro 11, 2009

Carta a uma amiga sobre casamento e celibato

1 comentários




Carta que escrevi a uma amiga muito querida sobre a questão do celibato, do casamento e da castidade nos dias atuais.


***

Amiga, quando vemos as coisas do ponto de vista sobrenatural, daquele ponto mais alto para onde todos nós devemos olhar, vemos como as coisas ficaram confusas porque os humanos hoje estão perdidos em seus complexos e complicam tudo aquilo que tocam. Como é triste isso!

Quando vemos o casamento ou o celibato como vidas consagradas a Deus, tudo fica diferente. O casamento tem a parte natural (reprodução), tem a parte social e tem a parte sobrenatural, a espiritual. É uma instituição criada por Deus, é sacramento. Em todas as sociedades antigas, tradicionais, o casamento é levado a sério, ministrado por sacerdotes, líderes espirituais, feito perante a sociedade, pedindo as bênçãos sobrenaturais. Claro que varia de cultura a cultura a forma como é realizado, mas é sempre algo a ser levado a sério. Mas na modernidade as coisas complicaram demasiado. Não que não tenhamos pontos na história onde tudo ficou confuso, mas tais épocas já eram o fim de civilizações, a degradação de sociedades.


Talvez estejamos vivendo isso agora, até porque é patente que o ser humano está revoltado, querendo viver do jeito dele e não do jeito do Divino. Quer proclamar que Deus está morto, porque somente assim ele vai poder viver sua vida desvairada, rumo ao precipício. Daí porque o ódio tão grande que certos “livres-pensadores” têm à religião, à Igreja! A religião impede que eles dêem livre curso às suas paixões e por isso querem que esta seja destruída e substituída por religiões biônicas (como na China, com uma falsa igreja católica. A verdadeira vive nos subterrâneos). Lembre-se de Marx repetindo que a religião é o ópio do povo. Quando vemos o que foi a vida deste homem, logo percebemos o porquê de seu ódio. Ele queria substituir a religião pelo culto ao Comunismo, que no fim das contas torna-se o culto ao Estado. É tão horrível isso! Sabemos o que veio daí, quantas tragédias, quanta dor gerou tal idéia! É contrária à natureza do homem, porque este busca O Bem Maior, sempre foi assim! Quando se vai contra a natureza, dá tudo errado. O homem hoje está lutando contra o curso natural das coisas e contra o sobrenatural também! Por isso tanta dor, tanta morte, tanta loucura! Quer insistir no desvario, quer arrumar formas de fugir do Supremo, quer uma liberdade que não existe, que na verdade é prisão. Só Deus liberta! A verdadeira liberdade é a de agir como filhos de Deus. Escolher o Bem é o caminho certo. O outro caminho é de perdição. E é este caminho que as pessoas em geral estão seguindo hoje, buscando atalhos para sua felicidade. Mas isso tudo é ilusão, afinal de contas “a porta é estreita”.


Continuando a falar de vida consagrada: A vida celibatária também deve ser uma vida consagrada. É a vida dos que buscam a perfeição, quando é completada no desapego dos bens (como o que Nosso Senhor propôs ao moço rico que queria ser perfeito, mas este não quis).


Tanto a vida matrimonial quanto a celibatária devem ser vividas na castidade. A pureza é um bem que todos nós devemos buscar, uns no casamento, outros no celibato.


É tão bonito o que Deus planeja para nós! Quando vamos buscando viver como Ele quer, vamos usufruindo o Bem. Não é necessária nenhuma recompensa para os que cumprem os mandamentos, para os que buscam a Caridade. A própria vivência na obediência das leis divinas traz em si um fruto doce que é a participação no Bem. O amor divino é doce e puro néctar! É maravilhoso poder participar da Bondade! Não há porque querer recompensas por ser bom, por fazer o bem, por amar! Isso em si já é tão maravilhoso!


Amiga, terminei escrevendo demais, mas senti em meu coração que seria bom escrever isso.


Beijos e fique com Deus!
vida

sexta-feira, novembro 06, 2009

35 atos de bondade

1 comentários
Por Sheila Morataya
Traduzido e adaptado por Andrea Patrícia



A capacidade para a bondade existe em cada uma de nós sem exceção alguma. Não importa o tipo de dor que você tenha sentido em sua vida, essa capacidade nunca é destruída.


Nos dias de intenso movimento que nos toca viver, muitas vezes e sem nos dar conta nós vamos caindo em uma rotina com os nossos, os vizinhos, colegas de trabalho e pessoas em geral sem nos dar conta. É a rotina do esquecer-se de ser amável, atenta, e bondosa, pois estás constantemente competindo e trabalhando por objetivos. Você tem que alcançar as metas que tem a companhia para sobreviver na selva do marketing.

Entretanto, seu coração experimenta sentimentos de profunda ternura quando um dia como outro qualquer você topa repentinamente com um ato de bondade de alguém a quem não conhece. Como aconteceu com meus amigos ao passar pelo guichê de pedágio em uma congestionada estrada da cidade de Chicago. Ao estender sua mão para pagar os 50 centavos de dólar o guardião da mesma lhes disse: “sigam seu caminho amigos, pois a pessoa que ia adiante pagou por vocês e desejo a vocês um feliz dia”. Que bonito não? Atos de bondade na aparência insignificantes, mas que tocam o coração de uma forma especial e lhe fazem pensar na bondade que há em cada coração humano. É bom observar detalhes em pessoas que muitas vezes você não conhece e que lhe fazem crescer como mulher. Não sabemos como um destes atos pode alegrar o dia dessa pessoa como aconteceu com meus amigos.

A seguir dou algumas idéias para que você também se anime a implementá-los em sua vida.

1- Dê um bom dia com um grande sorriso à pessoa que vai subir contigo no elevador.
2- Pague o pedágio para a pessoa que passará depois de ti.
3- Tome alguns minutos para orientar a uma pessoa que está perdida, embora tenha pressa.
4- Escreva uma carta ao filho que necessita um pouco mais de sua atenção.
5- Ofereça-se para ir a fazer as compras no supermercado para uma pessoa idosa.
6- Dê a um mendigo seu almoço desse dia.
7- Diga “te amo” a alguém que você ame.
8- Se você comprou dois novos trajes, procura dar de presente um deles.
9- Envie flores a uma amiga que não tem tempo de ver.
10- Leve o café para o seu assistente.
11- Quando disser obrigado e por favor trate de dizê-lo diretamente de dentro do seu coração.
12- Escute com todos seus sentidos.
13- Não interrompa quando alguém esteja dando seu ponto de vista.
14- Embora a pessoa não tenha a razão passa-o por alto para promover a harmonia.
15- Deixe que um condutor agressivo te tire o passo sem te encolerizar.
16- Sorria para a caixa do supermercado especialmente se ela não te der um sorriso.
17- Ponha seu carrinho de supermercado de novo em seu lugar.
18- Escreva a uma professora que tenha sido importante em sua vida.
19- Leve uma caixa de confeitaria fina para compartilhá-la no escritório. Surpreenda-os!
20- Esquece a dívida que uma amiga tem para contigo e nunca mais o recorde.
21- Escreva uma nota ao chefe de uma pessoa que colaborou muito contigo e lhe explique o maravilhoso trabalho que essa está pessoa fazendo.
22- Simplesmente diga “sinto muito” quando cometer um erro.
23- Quando for ao cinema, a um piquenique ou visitar um parque recolha o lixo.
24- Manifeste simpatia a alguém que é arrogante.
25- Atenda ao telefone amavelmente embora não esteja de bom humor.
26- Deixa uma gorjeta generosa para o quem te serviu no restaurante.
27- Ensine alguém a dirigir.
28- Ensine um menino a ler.
29- Ensine com muita paciência a seus filhos a utilizar os talheres.
30- Embora morra de vontade de criticar a alguém não o faça.
31- Leve rosas a sua mãe sem motivo algum.
32- Abraça o seu papai e lhe diga quanto o quer bem.
33- Somente por este dia não discuta com seu cônjuge.
34- Somente por este dia compreenda a sua filha adolescente.
35- Somente por este dia faça um ato de bondade e sinta seu coração vivo.


Querida amiga, estas são apenas algumas idéias que pode levar a cabo se quer fazer uma diferença na vida de outros e que ajudam a crescer como mulher vivendo enfocada nas necessidades dos outros. Pois para levar a cabo estes “atos de luz” é preciso esquecer-se de si mesma sabendo que ao fazê-lo encontra todo o amor que reside em sua natureza feminina. É necessário que se anime a abrir seu coração cada vez mais e melhor. Consciente até a raiz última de ti mesma que como mulher ninguém pode manifestar estes atos de bondade e luz como você.

Cada vez que você estende parte de si mesma aos outros, dá-te conta de que estás intimamente unida a seus amigos, vizinhos, e inclusive àqueles com quem você não se dá bem. É por isso mesmo que a generosidade e a bondade têm o poder de te transformar e melhorar aos outros ao mesmo tempo em que também converte a ti em beneficiária do amor. Não o esqueça.

Original em Sheila Morataya
vida

quinta-feira, novembro 05, 2009

Dedique os frutos de suas ações a Deus e seja livre

2 comentários


Gostaria muito de sempre me lembrar de dedicar o fruto de minhas boas ações a Deus.  Quero mais e mais fazer isso. Também seria ótimo se eu não exigisse coisas em troca do que faço. Bom, isso cada vez mais em minha caminhada vai deixando de acontecer, mas acontece. Queria nunca ter que pedir ou pensar em querer nada em troca. Nada. Realmente gostaria de ter uma mente muito tranqüila que deixasse que Ele se encarregasse de trazer o que preciso.

Hoje em dia eu oro todas as manhãs oferecendo os frutos de minhas ações, pensamentos, sentimentos, tudo o que eu tiver ou que acontecer comigo, a Deus. Ofereço tudo a Ele.

Eu até oro assim: “Deus, se for de Sua vontade, que assim seja”. Mas há momentos que chega quase a doer ter de fazer uma oração dessas, pois a vontade que dá é de conseguir as coisas do meu jeito.Todo mundo quer algo, mas nem sempre sabe se aquilo é o melhor mesmo. Então o melhor é deixar que Aquele-que-Tudo-Sabe guie cada um até o que precisa.

“Deus ajuda a quem cedo madruga”. A verdade é que se eu fizer a minha parte, Ele faz a Dele. Não é assim? Mas nem tudo acontece como eu quero, quando eu madrugo e fico esperando porque nem tudo me convém. Ele sabe melhor do que eu o que é bom para mim. E qual o momento adequado para as coisas acontecerem.

Sim, sim é bom também lembrar de agradecer a Deus e a todas as pessoas. É graças a todos eles que eu aprendo, cresço e caminho rumo à felicidade eterna. Afinal de contas, a esperança é a última que morre!

É libertador oferecer os frutos das ações, pensamentos e sentimentos a Deus. Não consigo explicar isso, mas sinto essa liberdade. Simplesmente ao fazer isso eu vou abrindo mão do controle. Ao me entregar mais e mais a Ele, fico mais feliz, me sinto mais perto Dele, de alguma forma.
vida