sexta-feira, fevereiro 12, 2010

Somos cristãos também durante o Carnaval

Olhemos para o alto buscando agradar a Deus!

Na Homilia da semana passada o padre de minha paróquia fez questão de lembrar aos fiéis que mesmo no Carnaval nós continuamos a ser cristãos. Ele disse mais ou menos assim: "nada de bebedeira, porque para estar feliz não é preciso encher a cara. Somos felizes naturalmente e também nada de compactuar com a sem-vergonhice. Viajem, descansem, e lembre-se de que são cristãos".

Que bom é ter um pastor que se preocupa com seu rebanho, um sacerdote que se lembra de chamar a atenção de seus filhos para aquilo que é importante! É claro que não são todos os que ouvem tais palavras, há aqueles que até mesmo dormem durante a Missa, mas quero acreditar que boa parte vá ao menos ficar com dor na consciência se chegar a compactuar com a podridão que toma conta das ruas e das passarelas do samba durante esta época do ano. Eu detesto Carnaval. Pode até ter aqui ou ali um bloco bonito, com músicas inocentes (creio que o Bloco da Saudade, de Recife seja assim), mas na maioria das vezes esta festa é pura pouca vergonha, bebedeira, e atentado ao pudor, ou seja, um verdadeiro festival de ofensas a Deus. Sendo assim, nunca mais quero participar desse tipo de coisa (já assisti a desfiles e trios elétricos, mas nunca fui chegada mesmo a esta festa, a não ser na infância quando tudo era brincadeira inocente no quintal de casa).

Oro para que neste Carnaval os cristãos lembrem-se Daquele que os criou e que os vê o tempo todo e que busquem fazer somente aquilo que agrada a Ele.
vida