sexta-feira, outubro 29, 2010

Sobre as coisas políticas

vida

Saiu no ótimo blog Contra Impugnantes uma série de artigos tratando sobre as coisas políticas. Recomendo a leitura!

Um trecho:

“ADENDO (TRECHO DE UMA RESPOSTA DO CARLOS NOUGUÉ A UM AMIGO CATÓLICO, COM UMA PEQUENA ADAPTAÇÃO):

“Digo apenas duas coisas: a) apesar de quanto eu disse, não é um “pecado” votar em Serra, sobretudo porque os católicos não temos acúmulo de discussão suficiente para que decretemos tal caráter “pecaminoso”. É questão muito complexa, sobretudo ante a pergunta: do ângulo católico é Serra efetivamente menos indigno ou mal menor que Dilma? Não se repitam, porém, os argumentos dos liberais: se o PT é, pouco mais ou menos, o que você diz, foi todavia no governo FHC que:

1) mais o MST recebeu verbas estatais;
2) se normatizou legalmente o aborto; 3) se estimulou inicial e grandemente o gayzismo. Ademais, Serra fundou a primeira escola gay para adolescentes. Isso clama ao céu por vingança, como diria S. Pio X (cf. Catecismo Maior). E mantenho: tal como está sendo feito, o apoio dos melhores católicos a Serra joga água no moinho do social-liberalismo e terá como conseqüência o aumento do câncer liberal entre esses mesmos católicos. Um dos pressupostos para o seguro apoio dos católicos a qualquer candidato menos indigno é que eles estejam tão seguros de seu catolicismo e tão firmemente dirigidos por um firme episcopado, que não sejam tragados pelo fluxo das coisas. Se porém se tratasse, pelo menos, de um candidato que defendesse claramente alguns importantes itens da lei natural, os danos de que tal fluxo tragasse os católicos seriam menores. Mas imagine, amigo, um apoio católico a um Serra abortista e defensor do gayzismo como uma espécie de assinatura num cheque em branco ou numa ação ao portador não preenchida: uma catástrofe, cujas conseqüências logo advirão”.”

A série de textos “sobre as coisas políticas”:



Também recomendo a leitura do texto de Carlos Nougué, um dos autores do supracitado blog, sobre o PT e o PSDB:

Acho importante que os católicos observem todos os ângulos da questão para estarem conscientes na hora de votar neste domingo.

Que Nossa Senhora Aparecida nos proteja!