quinta-feira, abril 28, 2011

Toda criatura é feita para dar Glória a Deus


“Toda criatura é feita para render seu testemunho a Deus. Toda criatura é prova da bondade de Deus.” (São Tomás de Aquino)

Toda criatura é feita para dar Glória a Deus - quer queira, quer não. Louvemos a Deus por Sua bondade infinita. Demos graças a Ele pela beleza da criação.

Repitamos sempre, em ação de graças: Glória a Vós Senhor!


terça-feira, abril 26, 2011

Provérbios sobre a fala e o silêncio



“Falando muito não fugirás ao pecado”

“a morte e a vida estão em poder da língua” (Provérbios 18,21)

Diz a Regra de São Bento:

“Preservar a boca de palavras más ou perniciosas;
Não gostar de falar muito;
Não dizer palavras vazias ou que apenas provoquem o riso;
Não gostar do riso excessivo e barulhento.”

(Quais são os instrumentos das boas obras. Capítulo 4)

“Quanto às brincadeiras, palavras ociosas e as que apenas provocam risos, nós as condenamos, em todos os lugares, a uma eterna clausura, e não permitimos ao discípulo abrir a boca para tais palavras.”

(Do silêncio. Capítulo 6.)

terça-feira, abril 19, 2011

Miserere (Tende piedade)

vida

Concede-se indulgência parcial ao fiel que em espírito de penitência recitar o salmo Miserere (Sl 50 [51]).

Miserere (Tende piedade)



Tende piedade, ó meu Deus!
- Tende piedade, ó meu Deus, misericórdia! Na imensidão de vosso amor, purificai-me! - Do meu pecado, todo inteiro, me lavai, e apagai completamente a minha culpa! - Eu reconheço toda a minha iniqüidade, o meu pecado está sempre à minha frente. - Foi contra vós, só contra vós, que eu pequei, e pratiquei o que é mau aos vossos olhos.
- Mostrais assim quanto sois justo na sentença, e quanto é reto o julgamento que fazeis. - Vede, senhor, que eu nasci na iniqüidade e em pecado minha mãe me concebeu. - Mas vós amais os corações que são sinceros, na intimidade me ensinais a sabedoria.
- Aspergi-me e serei puro do pecado, e mais branco do que a neve ficarei.
- fazei-me ouvir cantos de festa e de alegria, e exultarão estes meus ossos que esmagastes. - Desviai o vosso olhar dos meus pecados e apagai todas as minhas transgressões! - Criai em mim um coração que seja puro, dai-me de novo um espírito decidido. - Ó Senhor, não me afasteis de vossa face, nem retireis de mim o vosso Santo Espírito! Dai-me de novo a alegria de ser salvo E confirmai-me com espírito generoso! - Ensinarei vosso caminho aos pecadores, e para vós se voltarão os transviados. - Da morte como pena, libertai-me, e minha língua exaltará vossa justiça! - Abri meus lábios, ó Senhor, para cantar, e minha boca anunciará vosso louvor! - Pois não são de vosso agrado os sacrifícios, e, se oferto um holocausto, o rejeitais.
- Meu sacrifício é minha alma penitente, não desprezeis um coração arrependido! - sede benigno com Sião, por vossa graça, reconstruí Jerusalém e os seus muros! - E aceitareis o verdadeiro sacrifício, os holocaustos e oblações em vosso altar! 

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre, pelos séculos dos séculos.
Amém.

quinta-feira, abril 14, 2011

Oração pelas almas



Misericordiosíssimo Senhor, Vós quereis que rezemos pelas almas.
Por isso, pelas mãos puras de Maria,
Vos oferecemos todas as Santas Missas
que hoje serão celebradas em Vossa honra
e pela redenção das Almas do Purgatório.

Humildemente Vos pedimos
que os méritos copiosíssimos de Vosso mui querido Filho
paguem as culpas das pobres almas
e que delas tenhais compaixão.

Amém.


(Do livro "Conversando com as Almas do Purgatório", Ed. Ave-Maria)

terça-feira, abril 12, 2011

Magnificat (Canção de Maria)



Concede-se indulgência parcial ao fiel que recitar piedosamente o Magnificat:

A minh’alma engrandece o Senhor e exulta meu espírito em Deus, meu Salvador;
Porque olhou para a humildade de sua serva, doravante as gerações hão de chamar-me de bendita.
O Poderoso fez em mim maravilhas e Santo é o seu nome!
Seu amor para sempre se estende sobre aqueles que o temem;
Manifesta o poder de seu braço, dispersa os soberbos;
Derruba os poderosos de seus tronos e eleva os humildes;
Sacia de bens os famintos, despede os ricos sem nada.
Acolhe Israel, seu servidor, fiel ao seu amor,
Como havia prometido a nossos pais, em favor de Abraão e de seus filhos para sempre.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre e pelos séculos dos séculos.
Amém.

___________________
Nota:
O Magnificat vem do Evangelho de São Lucas, 1,46-55

Meu filho nasceu!

vida

Estou feliz da vida (e muito atarefada!) porque meu filho muito amado nasceu!

Estou vivendo uma experiência e tanto, aprendendo e buscando me adaptar a essa vida que chegou para mudar meu mundo e o de meu querido esposo também, claro!

Ele nasceu no dia 26 de março, grande, forte e bem espertinho, graças a Deus. Seu nome é João Pedro, em homenagem aos apóstolos ;)

Então estou de volta, devagar, mas por aqui pela net novamente.

Peço as orações de vocês pela minha pequena família. Saibam que estou orando por vocês também.

Fiquem com Deus!

quinta-feira, abril 07, 2011

Oração pela Conversão dos Infiéis (São Francisco Xavier)


Orar é muito bom e nós precisamos sempre rogar a Deus pelos que não tem a Fé. Vejam esta oração de São Francisco Xavier - indulgenciada - e aproveitem para orar pela conversão dos infiéis:
Oração pela Conversão dos Infiéis (São Francisco Xavier)

Deus eterno, Criador de todas as coisas, lembrai-Vos que as almas dos infiéis são obras de vossas mãos, e que são feitas à vossa imagem e semelhança. Vede, porém, Senhor, como em desdouro do vosso Nome o inferno se enche destas almas. Lembrai-Vos que Jesus Cristo, vosso Filho, derramou todo o seu Sangue e padeceu morte atrocíssima por elas. Não permitais, pois, Senhor, que o vosso Filho seja por mais tempo desprezado pelos infiéis. Deixai-Vos antes aplacar e mover à piedade pelas orações de vossos Santos e da Igreja, esposa de vosso Santíssimo Filho. Lembrai-Vos da vossa misericórdia e, esquecendo a sua idolatria e infelicidade, fazei que também eles enfim conheçam a Jesus Cristo, Nosso Senhor, que é nossa Salvação, Vida e Ressurreição nossa, e por quem fomo s livres e salvos, a quem seja dado honra, glória e louvor para sempre.

Amém.

(300 dias de indulgência)

terça-feira, abril 05, 2011

Ave-Maria de um protestante



Um garotinho protestante de apenas 6 anos sempre ouvia seus amiguinhos católicos rezando a Ave-Maria, ele gostava tanto da oração que um dia copiou-a num papel e recitava-a todos os dias. "Olha mamãe que oração linda", disse o garotinho a sua mãe um dia. "Nunca a repita meu filho!", respondeu a mãe. Esta é uma oração supersticiosa dos católicos, que adoram ídolos e pensam que Maria é uma espécie de deusa. Quando na verdade ela não passa de uma mulher como outra qualquer. Pegue esta Bíblia e leia, nela encontramos tudo o que devemos e não devemos fazer.

Daquele dia em diante o garoto cessou suas Ave-Marias diárias, e se dedicou mais a leitura da Bíblia. Um dia quando lia Evangelho, o garoto leu a passagem da Anunciação do Anjo a Nossa Senhora. Cheio de alegria, o garoto correu até sua mãe e disse: "Mamãe, eu achei a Ave Maria na Bíblia, aonde diz: 'Ave cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres.' Por que a senhora chamou esta oração de supersticiosa?"

Numa outra ocasião ele encontrou a linda saudação de Santa Isabel á Virgem Maria, encontrou também o maravilhoso Cântico MAGNIFICAT, no qual Maria profetiza: "as gerações me chamarão bem aventurada".

O garotinho não mais comentou tais passagens com sua mãe, mas voltou a recitar secretamente suas Ave-Marias todos os dias, como fazia anteriormente. Ele sentia prazer em recitar aquelas fascinantes palavras para a Mãe de Jesus, Nosso Salvador.

Aos 14 anos ele escutou os membros de sua família discutindo entre eles sobre Nossa Senhora. Todos eles diziam que Maria era uma mulher comum como qualquer outra. O garoto, depois de ouvir estas absurdas afirmações, não aguentou mais ouvir tais insultos, e com indignação interrompeu-os dizendo:

"Maria não é como qualquer filha de Adão, manchada pelo pecado. Não! O anjo chamou-a de Cheia de Graça e Bendita entre todas as mulheres. Maria é a mãe de Jesus Cristo, e consequentemente Mãe de Deus. Não existe dignidade maior para com uma criatura. O Evangelho nos conta que as gerações a chamarão de abençoada/bem aventurada, e vocês ficam desmerecendo e menosprezando-a?"

A fala do garoto deixou uma impressão tão profunda que conseguiu, por várias vezes, fazer sua mãe chorar de dor. "Ah meu Deus! Tenho medo deste meu menino um dia se juntar a religião Católica, a religião dos Papas!".

E realmente não demorou muito, depois de um estudo sobre o Protestantismo e o Catolicismo, o garoto descobriu mais tarde a única e verdadeira religião, e abraçou-a.

Algum tempo após sua conversão, ele encontrou com sua irmã casada que censurou-o dizendo: Você sabe o quanto eu amo meus filhos. Se algum deles um dia desejar virar católico como você, eu preferirei perfurar o coração deles com um punhal do que permiti-los abraçar a religião dos Papas.

A fúria dela era tão profunda quanto à de São Paulo antes de sua conversão. De qualquer forma, ela iria mudar esse seu jeito, igual a São Paulo no caminho a Damasco. Ocorreu então que um dos filhos dela ficou perigosamente doente, e os médicos já haviam perdido a esperança de recuperação.

Aí o irmão chegou até ela e conversou afetivamente dizendo: Minha querida irmã, naturalmente você deseja que sua criança seja curada. Muito bem então, faça o que eu lhe pedir, apenas faça! Siga-me, vamos rezar uma Ave-Maria e prometer a Deus que, se sua criança recuperar a saúde, você irá estudar seriamente a Doutrina Católica, e você chegará à conclusão de que o catolicismo é a única e verdadeira religião, e não importa quão grande seja este sacrifício, mas você irá abraçar esta fé.

Sua irmã estava relutante no começo, mas como ela desejava a recuperação do seu filho, ela aceitou a proposta do irmão e rezou a Ave-Maria com ele. No dia seguinte o filho dela estava completamente curado. A mãe cumpriu sua promessa e estudou a Doutrina Católica. E após uma longa preparação ela recebeu o sacramento do Batismo juntamente com o restante de seus familiares, e agradeceu seu irmão por ter sido um apóstolo para ela.

Essa história foi relatada num sermão dado pelo Padre Tuckwell, que continuou o sermão dizendo:

"O garoto que virou católico e converteu sua irmã e familiares ao catolicismo, dedicou sua vida inteira ao serviço de Deus. Aquele garoto virou padre e está a falar com vocês neste exato momento! O que sou, devo a Nossa Senhora".