terça-feira, fevereiro 28, 2012

As fraudes do Espiritismo



Há algum tempo eu venho acompanhando o site Obras Psicografadas, de Vitor Moura, onde são apresentados muitos argumentos, fatos e fotos que denunciam fraudes no meio espírita brasileiro e internacional. O dono do site é espírita, mas não da linha de Kardec, e faz um bom trabalho ao coletar material que prova que figuras do espiritismo fraudaram, enganaram e foram enganadas. 

Não recomendo todo o site, por se tratar de espiritismo, mas recomendo os textos que mostram as fraudes, os enganos, que criticam o espiritismo. Um deles, que saiu semana passada, é sobre se a esposa de Allan Kardec foi ou não fraudadora. Excelente! Leiam aqui. A minha opinião é a mesma do autor do texto: creio que ela fraudou sim.

O meio espírita vive de fraudes, conscientes ou não. Gente enganada, que ilude a si mesma e aos outros, pensando pregar a verdade quando prega nada mais que a mentira. Fico triste ao ver que há gente bem intencionada e que é envolvida com esse tipo de coisa. Rezo para que acordem desse pesadelo, assim como eu e meu esposo acordamos!

Voltando ao site: acessem a parte sobre Chico Xavier e leiamos artigos postados lá. Para quem tem olhos para ver, fica muito claro que esse homem era uma fraude do princípio ao fim. Eu no começo achava que ele era um iludido somente, mas com o passar do tempo, com a quantidade de coisa que li perdi essa impressão e hoje creio firmemente que ele enganava mesmo. Por que ele fazia isso? Sabe Deus o porquê. Mas meu palpite é que ele necessitava de aceitação. Tinha um profundo desejo de ser querido, de ser reverenciado como um ser sábio e humilde, para isso usava termos tirados de livros piedosos católicos, para fazer passar uma imagem de pureza e santidade. É triste ver o quanto as pessoas acreditam nele e como há fanáticos que não podem nem imaginar que Chico possa ter sido um embuste total. Por que não buscam a verdade? Por que tem tanto medo? 

Acessem o site e leiam os artigos que denunciam os escritores e personagens do espiritismo. E rezem pedindo a Deus para que tire os espíritas dessa ilusão. 

2 comentários:

  1. AS VÁRIAS FACES E DISFARCES DO ESPIRITISMO-ANIMISMO, OCULTISMO, MAGIA E OUTRAS NUANCES DE CONEXÕES COM O SATANISMO
    Consultar advinhos para desvendar o futuro, cartomantes, tarô, mães-de-santo, horóscopos, tatuar-se de cobras, escorpiões lagartos, sinais externos de pertença ao demônio, etc., portar amuletos, figas ou patuás para evitar o mal e atrair o bem, recitar "orações fortes", correntes de oração, evocar mortos em frequência a centros espíritas, umbandistas e semelhantes, e em igrejas evangélicas quase todas - anúncios a rodo - adotantes de mesmas práticas espíritas, como expulsão de maus espíritos, invocação de entidades protetoras(?), afastar malefícios, turbinar a vida financeira, a conhecida herética teologia da prosperidade - a teologia do ter e não do ser - etc., são todas práticas condenáveis pela Igreja-Jesus, pois há sensível participação do demônio.

    Não é de duvidar também que supostos manifestações e comunicações de espiritismo apresentadas são fraudes de mágicos de gabarito e (ou) idem diabólicas.

    Os Rock in Rio da vida, esses roqueiros doidões viciados e tatuados de figuras satanistas, ambientes promíscuos desses encontros regados a álcool, drogas e sexo e apologia ao diabo, estilo Lady Gaga, axés, carnavalescos etc.
    A conhecida brincadeira(?) do compasso que disso nada possui é espiritismo real; há vários relatos trágicos de prática decorrente dessa aparente e ingênua diversão com crianças, com consequências dramáticas pessoais.
    Incluem-se nesse contexto ocultista as superstições nas mais variadas modalidades, como as corriqueiras práticas conhecidas às passagens de ano, passar sob escadas, portar ramos de arruda, idem portar símbolos da Nova Era - supermercado de religiões à escolha do cliente - e notar que inexiste católico-espírita, mas sim, espírita que se diz católico.

    Há outra seduções como assistir a filmes de aparências inocentes, estilo Harry Potter, Anime Naruto, filmes envolvendo "diabinhos, monstrinhos, bruxinhos" etc., leitura de livros como os "bruxinhos" que é de aparência inocente e ingênua, mas bem engendradas maquinações de satanás, que vai sutilmente subvertendo a mente infantil das crianças e aderindo ingenuamente às práticas até à subversão total; o método do diabo é: apertando o cerco aos poucos, até chegar à captura definitiva da pessoa a ele e mil artimanhas mais.
    Quem diria até deixar-se submeter ao hipnotismo pode ser perigoso, com riscos de dependência de mentes perversas e outros negativos; outro é o "setting" ou espiral de silêncio - a lavagem cerebral - adotado por igrejas evangélicas, por ex., onde pastores doutrinam em ensurdecedores amplificadores aos berros, com interpelações, exigências e condenações às pessoas - em silêncio absoluto e concentradas neles - a não seguidoras do proposto e exigido, há de se tomar cuidado.
    A Deus pertence o futuro e toda vez que, de alguma forma tentamos desvendá-lo, ou conhecer o oculto, para fazer ou não acontecer algo, somos tentados e consentimos no orgulho e soberba ao assim agirmos: o querermos ser como Deus, de forma implícita no mínimo; dominar o invisível à nossa volta, de forma a mantê-lo sob controle de nossos ideais e interesses.
    Há várias referências bíblicas à condenação dessas atitudes idolátricas, no AT: em Dt 18,10, Jr 28,29 2 e Is 8,9 Rm, etc., e no NT como em Mt 6,24 e Lc 16,13: Ninguém pode servir a dois senhores... E em todos e a Igreja advertindo de não prática desses tipos de ações, consideradas graves desvios na fé cristã.
    É também, sem dúvida, um atestado claro de desconfiança na pessoa e poder de Jesus de nos proteger e salvar plenamente, já que por duvidar ou achar que não nos protege ou atende o suficiente, teremos de recorrer a essas outras "forças ocultas" para suprir tal deficiência, que julgamos existir de alguma forma de sua parte; quem procede assim, está com o inimigo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo comentário, Stefan.

      Realmente é falta de confiança em Deus voltar-se para advinhações e coisas afins, quando devemos deixar o futuro nas mãos Dele.

      A Paz!

      Excluir

Antes de fazer seu comentário: ele deve ser relacionado ao post, e feito respeitosamente. Reservo-me o direito de não publicar comentários que julgue desnecessários ou desrespeitosos. Os comentários não expressam a minha opinião e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.