terça-feira, fevereiro 14, 2012

Uma graça por Santa Rita de Cássia





Há um bom tempo eu vinha rezando, pedindo a Deus algo que eu queria muito. No ano passado, bem no finzinho, eu me lembrei de algo que li em algum lugar e que dizia que Deus gosta de conceder graças através de seus santos, graças específicas. Como eu queria uma graça que estava ligada ao meu lar, que beneficiaria bastante o meu filhinho (ela é padroeira das mães também), pedi então a Santa Rita de Cássia o que eu necessitava. E consegui! Eu já tinha rezado para outros santos, mas somente no momento em que recorri a ela fui atendida.

Fiz esta oração:

Ó poderosa e gloriosa Santa Rita, eis a vossos pés uma alma desamparada que, necessitando de auxílio, a vós recorre com a doce esperança de ser atendida.
Por causa de minha indignidade e de minhas infidelidades passadas, não ouso esperar que minhas preces cheguem a mover o coração de Deus, e é por isso que sinto necessidade de uma medianeira todo-poderosa, e foi a vós que me dirigi, Santa Rita, com o incomparável título de Santa dos casos impossíveis e desesperados.
Ó cara Santa, interessai-vos pela minha causa, intercedei junto a Deus para que me conceda a graça de que tanto necessito e que ardentemente desejo… (diz-se qual a graça que se deseja).
Não permitais que tenha de me afastar de vossos pés sem ser atendido. Se houver em mim algum obstáculo que me impeça de obter a graça que imploro, auxiliai-me para que o afaste; envolvei minha prece em vossos preciosos méritos e apresentai-a a vosso celeste esposo em união com a vossa. Assim enriquecida por vós, esposa fidelíssima entre as mais fiéis, por vós que sentistes as dores de sua paixão, como poderá Deus repeli-la ou deixar de atendê-la?
Ó cara Santa Rita, que jamais diminua a confiança e esperança que em vós coloquei; fazei com que não seja vã a minha súplica; obtende-me de Deus o que peço; a todos farei então conhecer a bondade do vosso coração e a onipotência da vossa intercessão.
E vós, coração adorável de Jesus, que sempre vos mostrates tão sensível às menores misérias da humanidade, deixai-vos enternecer pelas minhas necessidades  e, sem olhar minha fraqueza e indignidade, concedei-me a graça que tanto desejo e que por mim e comigo vos pede vossa fiel esposa Santa Rita.
Oh! sim, pela fidelidade com que Santa Rita sempre correspondeu à graça divina, por todos esses dons com os quais quiseestes cumular sua alma, por tudo quanto sofreu em sua vida de esposa, de mãe, e como participante de vossa dolorosa paixão, concedei-me esta graça que me é tão necessária.
E vós, ó Virgem Maria, como nossa boa Mãe do céu, depositária dos tesouros divinos e dispensadora de todas as graças, sustentai com vossa poderosa intercessão a de vossa grande devota Santa Rita, para me alcançar de Deus a graça desejada.
Amén.


No meio do mês de janeiro, recebi a notícia de que estava prestes a conseguir o que eu queria e no fim deste mesmo mês eu finalmente recebi esse presente tão querido. O interessante é que a pessoa que se desvelou para conseguir isso para mim, minha tia, chama-se Rita de Cássia! É ou não é coisa da Santa?

Obrigada minha Santa Rita! Rogai por nós, Santa de Deus!

______________________

 Curiosidades:

+Pouco tempo antes de me converter, eu entrei com uma amiga em uma igreja dedicada a Santa Rita, em Recife, e lá rezei, não lembro o quê.  Foi um momento bonito, que mesmo tão breve eu não me esqueço. Rogo a Santa Rita que converta essa amiga minha!

+Em 2010 presenteei essa minha tia com uma pequena biografia de Santa Rita, rezando para que a vida dessa grande santa a converta.Também neste mesmo ano a Ana Maria Nunes deixou em minhas mãos o blog sobre a biografia da santa, mas eu nunca mexi nele. Gostaria que fosse reativado para que mais pessoas conheçam as maravilhas dessa santa de Deus.

+Em 2011 fiz minha primeira homenagem a Santa Rita aqui no blog.