sábado, março 24, 2012

Abortar é dizer não ao amor



Peguei essa imagem no blog do William, Contra o Aborto.

7 comentários:

  1. Eu sou a favor do aborto em caso de estupro,pois imagina a mulher depois de ser estuprada ter de aguentar ver aquela barriga crescer e ficar lembrando daquele terrível episódio...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Górgora, é horroroso o estupro, um crime brutal, mas a criança não tem culpa. A pessoa que aborta está cometendo crime contra as leis de Deus.

      Eu já soube de casos onde esse tipo de coisa aconteceu e a mãe foi adiante, teve o filho e conseguiu passar por tudo. Veja um dos casos, o de Alcineide: http://www.providaanapolis.org.br/alcineid.htm

      Excluir
  2. Olha fui lá e li o texto inteiro,achei muito interessante a opinião dela e respeito isso, mais eu falo por mim,eu não teria coragem de levar uma gravidez dessa adiante,eu concerteza me lembraria do que aconteceu e tenho certeza que não conseguiria sentir afeto pela criança.Sei que a criança não tem culpa de ter nascido de um fato horrível como o estupro,mais eu penso que é melhor abortar do que jogar num orfanato e não ser adotada por ninguém...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Górgora, Salve Maria!

      O aborto é um crime muito mais cruel que o crime de estupro, pois a criança, que está viva dentro do ventre da mãe, é cruelmente esquartejada, queimada, dissolvida, succionada, entre outras práticas horrendas. Como isso pode ser considerado "o melhor a ser feito" sendo que uma vida humana inocente é dilacerada sem dó nem piedade dentro do próprio ventre materno? O vídeo "O grito silencioso" (contém cenas fortes e chocantes), mostra o bebê com a boquinha aberta alguns momentos antes de ser esquartejado dentro do útero materno, como que tentando, com um grito silencioso, pedir socorro para escapar do assassínio cruel. O médico que fez o vídeo é um ex-abortista.

      Nós não podemos interromper a vida de um bebê supondo que ele não será adotado ou amado posteriormente. Deus, muito mais que qualquer mãe, olha por essas crianças e se compadece delas. Sendo ou não adotada, a criança tem o direito de viver, pois a vida é dom de Deus. O aborto é um crime abominável, e é muita covardia matar um bebê dentro do ventre materno, que não pode nem mesmo se defender!

      Tem um filme muito interessante que aborda esse tema, chama-se "Bella".

      Aborto NUNCA é a solução.

      Que Deus possa te iluminar.

      Excluir
  3. Górgora, reze a Deus pedindo iluminação. A vida é dom de Deus e só a Ele pertence. A nós não cabe decidir sobre a vida e a morte de seres inocentes.

    A vida é dura, uma experiência dessas é duríssima, mas muito pior é a condenação eterna que é dada para aqueles que pecam gravemente e não se arrependem. O aborto é crime e pecado mortal, não importa qual a situação.

    Não pretendo discutir isso aqui. Fica apenas o lembrete das Leis de Deus.

    Que O Senhor te ilumine.

    ResponderExcluir
  4. Melissa, muito obrigada pelo comentário e pelos links! Sim, eu vi esse filme, Bella. Recomendo!
    (Não consigo comentar respondendo, clicando no botão "responder"!)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De nada!

      Tenta limpar o cache e os cookies do navegador, talvez a função "responder" volte a funcionar.

      Excluir

Antes de fazer seu comentário: ele deve ser relacionado ao post, e feito respeitosamente. Reservo-me o direito de não publicar comentários que julgue desnecessários ou desrespeitosos. Os comentários não expressam a minha opinião e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.