terça-feira, março 06, 2012

Há dias que são mais difíceis que outros



Há dias que são mais difíceis que outros. Dias em que precisamos de uma força extra para levantar e cumprir as tarefas que nos esperam. 

Em dias assim não há muito que fazer a não ser rezar e esperar que Deus nos dê forças e ajeite aquilo que não conseguimos ajeitar.

Nesses momentos nem mesmo algumas das pessoas mais queridas servem para consolar. Talvez uma música ajude a acalmar, mas no fundo permanece o desgosto com as coisas do mundo, com as falsidades, competições, lisonjas... Quem pode nos estender a mão verdadeiramente numa hora dessas? Somente Deus pode.  

Como Ele conhece nossas fraquezas, pode nos dar o remédio certo para curar o coração ferido e cansado. Mas não pense que o remédio será dado de imediato. Às vezes para que a cura seja verdadeira precisamos deixar a febre subir e fazer o seu trabalho. Em meio à queimação pensamos estar muito mal, abandonados até, mas é justamente esse calor que vai matar o que há de mal em nós e nos curar verdadeiramente. 

Então tenhamos paciência, porque nem sempre a solução para os problemas virá de imediato. Muitas vezes poderemos nem ver a mão de Deus estendida para nós, mas tenhamos certeza, que a culpa é nossa, pois somos nós os cegos, somos nós que não temos a sabedoria para compreender os caminhos Dele. Então só resta ter paciência e confiar na promessa divina.

Já dizia Santa Teresa D’Ávila: “Tudo passa, só Deus basta!”