terça-feira, setembro 11, 2012

Beleza real é aquela que não morre




Eu admiro a beleza. Gosto de coisas bonitas. Aliás, qual mulher não gosta? Creio que todas as mulheres querem uma casa bonita. Então ficamos admirando aquelas casas lindas que vemos por aí pelas revistas, pela internet... ou na vida real, família e amigos, talvez?
Mas eu penso também que de nada vale ter tanta beleza à volta e não ter o mais importante: Deus. De que vale tudo isso sem Ele?
É isso o que muitos não entendem ao achar que os pobres são infelizes porque não tem muitas posses, muito dinheiro, muita beleza à volta deles. Mas é preferível mil vezes não ter dinheiro e ter Fé, do que ter tudo no mundo e ser morto espiritualmente.
Não há dinheiro que compre uma consciência tranquila depois de uma confissão bem feita! Não há dinheiro que compre o enlevo que sentimos ao comungar bem. Não há dinheiro que pague o sorriso de uma criança amada ao ser batizada*.
Não há paz sem Deus. A verdadeira riqueza é a interior. Tesouro bom é aquele que a traça não rói... Beleza real é aquela que não morre.

________________________
*Quando meu filho foi batizado aconteceu algo muito bonito. Ele estava dormindo e quando a madrinha o posicionou em cima da pia batismal e o padre jogou água na cabecinha dele, ele fez um bico de choro e imediatamente depois abriu um sorriso. Foi lindo demais! Ele recebeu o Espírito Santo e sorriu. Deus é bom.