terça-feira, novembro 27, 2012

Levando pedradas




É bem difícil viver neste mundo. Quando se tem uma noção melhor das coisas, quando se está mais envolvida na realidade, enxergando coisas que os outros não querem enxergar, é bem complicada a convivência.

Você quer avisar as pessoas sobre algo, você quer ajudar, abrir os olhos, mas o que recebe em troca é pedrada. 

Você estuda sobre um assunto, lê, reflete, e quando dá seu parecer recebe alguma resposta do tipo "ah não é bem assim, isso já é fanatismo", e pronto, acabou a conversa. Sim, porque quem em sã consciência vai perder mais tempo com essas pessoas que fizeram a "faculdade da televisão" ou a "pós-graduação midiático-maçônica", pessoas que foram praticamente programadas pelo liberalismo? Não dá.

Percebo que vai se formando um abismo entre algumas pessoas. As ideias das pessoas no mundo giram em torno de si mesmas, não em torno de Deus. E quando você tenta abrir os olhos delas para isso - mesmo sem falar de Deus, apenas falando sobre a realidade, digamos do mal que faz a mídia judaico-maçônica - elas se fecham, agridem quem tenta fazê-las enxergar e afastam as mãos que poderiam dar apoio verdadeiro. 

O que fazer? Rezar, não há mais nada a fazer senão isso.