quarta-feira, abril 17, 2013

Concílio Vaticano II: Kasper admite ambiguidade intencional


E agora neoconservador cara-pálida? Somos nós, os católicos tradicionais, uns exagerados, mentirosos, falsos-trads, rad-trads, etc.? O Vaticano II não tem problemas? A crise instalada na Igreja após o CVII é miragem? Kasper diz que “Os tempos pós-conciliares foram quase sempre turbulentos. O Vaticano [Segundo], entretanto, é um caso especial.“.

Interessantíssimo, o próprio Kasper afirmando aquilo que os tradicionalistas sempre afirmaram!
O pior cego é aquele que não quer ver.