terça-feira, junho 18, 2013

Dentro de 100 anos, onde estarás?



 

"Antes não existias. Dentro de 100 anos onde estarás... Ou no Paraíso ou no Inferno! Qual é o fim da tua vida?... Dar ao Criador a prova de amor, com a observância de Sua Lei. A vida não é prazer; é luta contra as paixões, contra Satanás e as máximas perversas do Mundo. Para vencê-los precisamos da ajuda de Deus, que se obtêm com a Oração e com os Sacramentos. O fruto da vida cristã é a paz do coração, a resignação na dor, e depois, o Paraíso." (D. Giuseppe Tomaselli)


Já dizia Santo Agostinho que quem não reza não se salva. Você, meu irmão, que acha que a vida está boa assim, passando o dia em frente ao computador, clicando o celular, curtindo bobagens no Facebook, assistindo novelas imbecis, você, irmão em Cristo, tem a coragem de dizer que não tem tempo para rezar? que não tem tempo para o Rosário? Veja bem como está sua vida agora e pense que dentro de 100 anos tudo estará diferente... 

Cuidado com a tibieza. Todos nós temos que observar bem se não estamos sendo tomados por esse espírito de moleza, essa coisa morna e frouxa que o mundo adora, que cala diante dos erros, que se esconde sob a capa de "bom católico", mas que na verdade não vive como um bom católico deveria viver.

A luta é terrível. É a carne, é o sangue, é o mundo, é Satanás, todos tentam nos destruir. Se não tivermos a oração, a contrição, a confissão, a Comunhão, o que seremos? Se frequentamos a Comunhão de forma indigna, o que será de nós no dia do juízo, na morte?

Meu irmão, tudo passa muito rápido. Qual o fim de sua vida? No que tem sido gasto seu tempo? Diversão é algo bom, para tudo há tempo na vida, mas nem só de diversão, nem só de pão, vive o homem. Hoje temos pão e circo em larga escala, e muitos são os católicos que se perdem observando, participando ativamente desses espetáculos...

Dentro de 100 anos, onde estarás? Já se perguntou isso, meu irmão?