quarta-feira, julho 31, 2013

Ato de desagravo a Nossa Senhora



De um lado, a profanação do sagrado (cuidado, imagens chocantes):
Do outro, a sacralização do profano (parecem bonitinhas, mas são tão dolorosas quanto): 
E os dois se coroam um ao outro num mundo cada vez mais distante das realidades divinas.
Ato de desagravo a Nossa Senhora Aparecida
Ó Maria, minha Mãe Santíssima, desejo desagravar-Vos das ofensas que o Vosso Coração Doloroso e Imaculado recebe, e em especial das blasfêmias que se dirigem contra Vós.
Ofereço-Vos estes pobres louvores com o fim de Vos consolar por tantos filhos ingratos que não Vos amam, e consolar o Coração Santíssimo de Jesus, Vosso Filho e Senhor nosso, a quem tanto ofendem e entristecem as injúrias feitas contra Vós.
Dignai-Vos, Mãe Dulcíssima, receber esta minha pobre e humilde oração; fazei que Vos ame e me sacrifique por Vós, cada vez mais e olhai com olhos de misericórdia para tantos infelizes a fim de que não tardem em acolher-se, arrependidos, ao Vosso colo maternal. Amém.
Bendito seja Deus!
Bendita a excelsa Mãe de Deus, Maria Santíssima!
Bendita a Sua Santa e Imaculada Conceição!
Bendita a Sua gloriosa Assunção!
Bendito o Nome de Maria, Virgem e Mãe!
Bendito o Seu Imaculado e Doloroso Coração!
Bendita a Sua Pureza Virginal!
Bendita a Sua Divina Maternidade!
Bendita a Sua Mediação Universal!
Benditas as Suas Lágrimas e as Suas Dores!
Benditas as graças com que o Senhor A coroou Rainha dos Céus e da Terra!
Glória a Maria Santíssima, Filha Primogênita do Pai!
Glória a Maria Santíssima, Mãe Imaculada do Filho!
Glória a Maria Santíssima, Esposa Virginal do Espírito Santo!
Virgem Santíssima, minha boa e terna Mãe, eu Vos amo pelos que não Vos amam;
eu Vos louvo pelos que Vos blasfemam;
entrego-me totalmente a Vós, pelos que não querem reconhecer-Vos por sua Mãe.
 
 
 
Extraído do SPES.