terça-feira, dezembro 10, 2013

Eles fingem cuidar dos animais




Leia os conteúdos. Meus comentários após os textos.


Trechinho:

"A revista americana "The Hollywood Reporter" publicou na segunda-feira (25) um artigo revelador, no qual denuncia que a American Humane Association (AHA), instituição de proteção aos animais, encobriu diversos casos de maus tratos em gravações de filmes e séries de TV.

 
Segundo a revista, algumas das maiores produções de Hollywood tiveram mortes ou abusos contra animais no set, mas ainda assim receberam o selo da AHA, que diz: "nenhum animal foi machucado nas gravações deste filme"."

 
Trechinho:
 
"A mais famosa ONG de proteção animal e divulgação do veganismo do mundo, a PETA, mais uma vez entra em uma grande polêmica. Segundo o jornal britânico Mail Online, a organização matou 1.647 animais em 2012 e conseguiu famílias para adoção de apenas 19 animais, entre cães e gatos (leia aqui, em inglês). O jornal alega que estes dados foram enviados pela própria PETA – nome que, em inglês, significa “Pessoas Pelo Tratamento Ético dos Animais” -, ao Departamento de Agricultura da Virginia, nos Estados Unidos (veja o documento, em inglês).

A organização já enfrentou críticas outras vezes, especialmente por suas campanhas consideradas sexistas que usam mulheres nuas, mas, desta vez, a popularidade da PETA realmente pode ir pelo ralo, apesar dos argumentos que a ONG usa para se defender."

O Conto da Mentira Verde(Greenpeace)


Trechinho:


“Eles enganam mais do que 5 milhões de pessoas. Existe um bom exemplo disso. Em seus filmes, manipulam o público produzindo cenas forjadas. Foi o que fizeram em 1978, no Canadá. É a cena de um caçador torturando um filhote de foca. O caçador puxa uma corda arrastando a foca pela neve, deixando um rastro de sangue, enquanto a mãe-foca dá pinotes atrás da cria, querendo alcança-la num gesto de desespero. Em seguida, há um close na cara da foca-mãe. O bicho aparece com um olhar quase humano de tristeza. Qualquer espectador fica indignado com o que vê. Mas, através de um computador da Otan que analisa fotos de satélites, foi possível provar que a cena não era um flagrante de trinta segundos, como o Greenpeace dizia. O computador analisou a extensão das sombras na neve e chegou à conclusão de que a filmagem durou entre duas e três horas. Era um vídeo para mostrar o tratamento cruel que os caçadores infligiam às focas. Mas quem organizou a tortura foi o Greenpeace.”
 

Meus comentários:

Hollywood, a terra da mentira! Colocam aqueles avisos no fim dos filmes, de que não maltrataram animais, quando fizeram justamente o contrário. 

Ora, ora, ora, a PETA ganha muito dinheiro de doações, e não tem feito um bom trabalho em entregar animais para adoção? Tem alguma coisa errada aí. Não é a primeira vez que a PETA é acusada de maltratar animais. Sei que em algum momento os animais que não conseguem donos tem que ser sacrificados, pois não há como cuidar de tantos, mas para que eles ganham tanto dinheiro? Para amontoar animais e matá-los depois? Estranho, não?

O Greenpeace é uma farsa, só engana os desavisados. Quantos doam dinheiro para essa gente? Tanto dinheiro para nada! 

É nisso que dá um mundo descristianizado, sem Fé, sem amor a Deus e Suas criaturas. Os animais servem de comida, roupa, companhia para o homem, mas nunca devem ser maltratados, nunca. Abusam dos pobrezinhos e ainda ganham rios de dinheiro usando a imagem deles. Sem-vergonhice.

Minha gente, cuidado com esses grupos ecologistas, muitas vezes eles são como melancias: verdes por fora e vermelhos por dentro...