quinta-feira, março 20, 2014

Intransigência Católica é o mesmo que Caridade Católica



Por Tradition in Action
Traduzido por Andrea Patrícia



 

No mundo pacifista de hoje, onde qualquer defesa enérgica dos princípios católicos é vista como algo inapropriado e anti-evangélico, é oportuno lembrar o que a Igreja nos ensinou sobre intransigência católica. Esta é a grande virtude que fez o Cordeiro de Deus dar até a última gota de Seu Sangue por nós. É também a virtude que inspirou os gloriosos Cruzados e muitos outros episódios da combatividade católica através dos séculos.

As seguintes considerações foram extraídas do livro O Liberalismo é Pecado, do padre Félix Sardá y Salvany. Este livro foi cuidadosamente examinado pela Sagrada Congregação do Índex, que em 10 de janeiro de 1887 declarou: "Não somente nada de contrário a sã doutrina foi encontrado, como o seu autor merece grandes elogios pela sua exposição e defesa da sã doutrina nele estabelecidos com solidez, ordem e lucidez."


Pe. Félix Sardá y Salvany




A suprema intransigência católica é nada mais que suprema caridade católica. Esta suprema caridade é praticada em relação ao nosso próximo quando, para o bem dele, o próximo culpado é marcado, humilhado, contrariado e castigado.
Esta suprema caridade é praticada com relação ao bem comum quando, para proteger outro do contágio do mal, a intransigência é usada para denunciar os promotores do mal, desmascarando-os como maus e perversos e retendo-os para o público desprezo, horror e execração. Se isso é possível, aquele que exerce a intransigência deve solicitar o cuidado da força pública [polícia] para conter e punir esses malfeitores.
Finalmente, caridade suprema é praticada em relação a Deus quando, para Sua glória e em Seu serviço, torna-se necessário para alguém exercer a intransigência ao colocar de lado todas as considerações humanas, pisotear todo respeito humano, sacrificar todos os interesses humanos, e arriscar até mesmo a vida para atingir um fim tão alto.



 (Felix Sardá y Salvany, El Liberalismo es pecado*,
Madrid: EPC, 1936, p. 85).


Original aqui.



________________________
Nota da tradutora:

* O Liberalismo é Pecado. Este livro Este livro foi traduzido para a língua portuguesa e está à venda no Mosteiro da Santa Cruz, por apenas R$30,00. 

“Grande clássico da literatura antiliberal. Este livro era muito recomendado por Dom Lefebvre que insistia tanto na necessidade de estudar o liberalismo para melhor combatê-lo.” 

Você pode comprar clicando aqui.