terça-feira, junho 24, 2014

Animais no lugar de crianças

Arca de Noé, por Kaspar The Elder Memberger (1555-1618)


Eu notei há muito tempo que os seres humanos estão valorizando demais os animais, mais do que devem ser valorizados. Eu adoro animais, agradeço a Deus por Ele ter criado esses seres especiais que tanto nos alegram com sua beleza e companhia, que nos defendem de perigos também. Mas daí a substituir o contato humano por bichos... não dá para aceitar.

Observei também, do mesmo modo que o padre no comentário abaixo, esses adesivos em carros dizendo “mãe de gato” “mãe de cachorro” ”mãe de animal de estimação”. Mãe de bicho? Por favor, menos! Animais não substituem seres humanos.

Há pessoas que preferem ter animais a ter filhos. É absurdo, é doentio. Reclamam o tempo todo que criar filhos é caro, e não percebem o grande dom de ser pai de ser mãe. Eu fico triste, para dizer o mínimo.

Vejam abaixo o comentário do padre Peter Carota, original aqui.

***

Dirigindo para o moinho do Aborto hoje, eu notei um adesivo no carro a minha frente. Em vez de dizer “Honrada Mamãe Estudante”, dizia “Mamãe de Animal de Estimação”.



No banco próximo havia uma fotografia dizendo o que esse homem de meia idade acha que é importante salvar: seu cachorro. 




Um amigo meu disse que foi a uma mostra de cães husky puxando trenós. Ele ficou enojado ao ver muitos cachorros vestidos com roupas humanas. Vá a uma loja de animais e veja o que está à venda para cães e gatos.

Animais de estimação são maravilhosos e são um grande presente de Deus. Cães podem ser grandes companheiros e guardiães. Mas, quando o animal se torna nosso filho, algo foi totalmente esquecido: companhia humana e amor.