terça-feira, outubro 07, 2014

Psicanálise e religião: incompatíveis






Rudolph Allers declara:

“Há pessoas que imaginam que podem crer no valor da religião e na psicanálise sem serem convencidas de contradição. Imaginam isso seja porque não conhecem suficientemente os termos, seja porque seu espírito é de uma espécie que pode instalar-se nas contradições, ou também porque não possuem bastante crítica para dar-se conta disso...”.

“Estamos obrigados a concluir que um católico deve guardar-se de contatos demasiado diretos com as ideias freudianas. Se ele estiver suficientemente instruído a este respeito, evitará por si mesmo este contato. Se não estiver, deverá ser advertido.”

_____________________________________
Traduzido de trechos extraídos do livro “Rudolph Allers o El anti-Freud” (p.47 a 49), que pode ser baixado aqui.