quarta-feira, junho 03, 2015

A falsa segurança do preservativo de látex

(a castidade continua sendo o único preservativo eficaz no contágio da AIDS)

Leia o artigo, aqui.

Trechinho:

"“Quem procura o bônus deve aceitar o ônus”. Ninguém tem o direito de unir-se ao corpo alheio antes do casamento (fornicação), de trair o cônjuge (adultério), de vender o próprio corpo (prostituição), de praticar atos antinaturais (homossexualismo). Quem pratica tais pecados contra a castidade, já deve estar contando com a possibilidade de contrair a AIDS ou outra doença sexualmente transmissível. Não é função do governo garantir aos devassos a segurança em suas aberrações."