terça-feira, maio 10, 2016

Revelando o culto do Pe. Pfeiffer: Quem é Pablo Hernandez?

Traduzido por Andrea Patrícia




Nota: Os negritos são de Non Possumus.


É necessário alertar aos católicos sobre os muitos perigos que espreitam o bando do Pe. Pfeiffer. Este entrou em cena em 2012 como uma das vozes mais abertas contra a nova direção de Menzigen. Logo começou a postar cada um de seus sermões, alguns com mais de uma hora, em seu canal no Youtube e no canal 469fitter. Infelizmente, desde então o Pe. Pfeiffer tem causado muito dano à Resistência Católica devido aos seus muitos escândalos, expostos por bons sacerdotes e antigos associados, como o Pe. Chazal, o Pe. Ortiz, o Pe. Voigt e outros.

O propósito desta postagem é expor o braço direito do Pe. Pfeiffer, Pablo Hernandez, também conhecido como Pablo o Mexicano (não é mexicano). A gravidade de desassociar-se da seita do Pe. Pfeiffer torna-se mais urgente quando olhamos cuidadosamente os bastidores e não somente para o pretenso bispo cismático que celebra "missa" em seu altar.



Quem é Pablo, o Mexicano? Por que o Pe. Pfeiffer insiste que esse homem esteja no centro de sua operação?

Pablo o mexicano, exorcista leigo e "vigilante espiritual".

 O jornal The Phoenix New Times publicou um artigo (aqui) sobre Paul Hernández e sua história. Seguem alguns trechos:

Paul Hernández encontra-se num apartamento parcamente iluminado de dois cômodos no lado oeste de Phoenix e se prepara para a batalha... Ele é um exorcista com estilo próprio, um vigilante espiritual que tem passado os últimos 19 anos tratando de subjugar a Satanás... Este trabalho pode ficar feio, aconselha Hernández. Dizem que uma vez chegou ao Centro Médico Regional Bom Samaritano depois de aparições malignas terem golpeado seus rins. Disse que noutra ocasião, quatro pequenos demônios em forma de querubins tomaram suas mãos e pernas enquanto estava estendido sobre uma cadeira reclinável. Também conta que sofreu uma série de infecções misteriosas nos olhos e dores no pé nos últimos anos.

Se isto é verdade – é difícil confirmar a maioria de suas histórias, e aqueles que pediram para que ele fizesse exorcismos descrevem as sessões de forma muito mais mundana que Hernández – por que se expõe a esse mal? Afinal, ele não é sacerdote ou ministro ordenado pela Igreja. Ele é encanador de profissão e está mais bem equipado para expulsar obstruções de desaguamento do que demônios do corpo humano.

Hernández traz algumas de suas batalhas, com mentalidade de encanador, ao seu trabalho de exorcismo. Confrontado com uma pessoa que crê estar possuída pelo demônio, sua primeira resposta é ignorar a piedade da igreja e simplesmente gritar ao demônio – como o faria a um companheiro preguiçoso: "Ei, fuera la mierda!”.

Atualmente ele é uma figura solitária: divorciado de sua esposa, mantendo distância da maioria de seus catorze irmãos, tomando frequentemente extensos sabáticos do trabalho para concentrar-se em projetos de exorcismo, e mudando de residência com tanta frequência que até mesmo seus amigos de muito tempo têm dificuldades em encontrá-lo.

Quando um amigo perguntou recentemente a Hernández onde vivia, o autonomeado guerreiro espiritual respondeu enigmaticamente: "não posso permitir que as pessoas saibam onde está a Batcaverna".

Basicamente, o que é único no trabalho de exorcista de Hernández, é que diferentemente dos sacerdotes católicos – que têm a autorização da Igreja os respaldando – ele é um renegado que parece animado somente por sua própria obsessão implacável por Satanás.

A posição de Pablo, o exorcista leigo, no seminário do Pe. Pfeiffer.

Pablo está no comando do canal do Youtube que publica todos os vídeos dos padres Pfeiffer e Hewko. Algumas vezes Pablo publica seus próprios vídeos. Seu canal se chama 469fitter, em referência ao ofício de encanador. Os vídeos da escandalosa Communicatio in Sacris que se realizou no seminário de Pfeiffer com o falso bispo cismático Moran, podem ser vistos atualmente em seu canal no Youtube. Há uma grave obrigação de avisar a todos os católicos que se afastem desta organização e não enviem para lá seus seminaristas, como o Pe. Ortiz confirmou em seu relatório acerca da visita do falso bispo.

Pablo está no comando do website oficial com copyright do Seminario Nuestra Señora del Monte Carmelo do Pe. Pfeiffer. O website é conhecido por haver caluniado Dom Williamson.

Pablo, junto com uma mulher, está no comando das finanças do seminário de Pfeiffer.

Quando o Pe. Pfeiffer e outros sacerdotes não estão no seminário, Paul Hernández fica encarregado dos seminaristas. Vários seminaristas informaram que Pablo estava assistindo ... [certo tipo de filmes], o que escandalizou o seminário.

Um ex-seminarista relatou que Pablo, algumas vezes, fica acordado à noite, bebendo com ... [determinada companhia imprópria.]

Pablo vive e tem uma posição chave no seminário, mas não assiste à Missa nem frequenta os sacramentos.

Em novembro de 2014, a Pablo o Mexicano enviou uma carta aos coordenadores das missões ameaçando-os sutilmente, dizendo que praticavam o Omertá, um código de silêncio da máfia ao cometer crimes (link para a carta).

Muitos fiéis têm se queixado bastante, pedindo ao Pe. Pfeiffer que rompa relações com Pablo. O Pe. Pfeiffer ignora as queixas dos fiéis e continua a manter essa relação com Pablo, mesmo já tendo causado muitos escândalos.

Os sacerdotes também denunciaram a relação do Pe. Pfeiffer com Pablo, mas o padre, também os tem ignorado.


Pablo Hernández é o primeiro à esquerda nesta fotografia de alguns dos participantes de uma reunião de padres da Resistência organizada pelo P. Pfeiffer nos EUA em 2013. Note-se que o único leigo nesta foto é Pablo Hernández.



Neste vídeo recente, Pablo Hernández reage insolentemente contra a decisão de Dom Tomás de Aquino OSB não aceitar os Padres Pfeiffer e Hewko em sua consagração. À esquerda lê-se o seguinte: "Vocês não são bem-vindos em minha consagração ou em um momento posterior", Pe. Tomás de Aquino aos Padres da Nossa Senhora da Resistência. Resposta do mexicano Pablo: "Nossa Senhora não assiste a serviços maçônicos, Reverendo Padre".