terça-feira, julho 18, 2017

Confiar em "espíritos"?



Eu realmente não entendo como se pode confiar em "espíritos" que disseram coisas que hoje sabemos que são mentiras. Ora, se eles que estavam em "planos superiores" e tinham acesso a Marte, por exemplo, não souberam ver que tal planeta possui satélites (A Gênese), então porque confiar em suas mensagens? Há quem diga que o que importa não é isso e sim a parte moral. Ora, a parte moral foi tirada do cristianismo. Não há nada de realmente novo, a não ser as interpretações dadas pelos médiuns sobre determinadas situações. 

Recomendo a leitura dos livros de Frei Boaventura Kloppenburg.