sexta-feira, novembro 03, 2017

Rico não vai para o Céu?



Há entre as pessoas, até mesmo entre católicos, uma ideia errada sobre prosperidade e riqueza: "rico não vai para o Céu". Esta afirmação é falsa.

Abraão, Isaque, Jacó, José, Jó, Josué, José de Arimateia (um dos melhores amigos de Jesus), Santa Clotilde, Santa Isabel da Hungria, Santa Adelaide, São Eduardo Confessor (Rei da Inglaterra), entre outros, eram todos ricos, e não renunciaram às suas riquezas para serem cristãos. Eram pessoas prósperas, e hoje estão todas no Céu.

Quando Nosso Senhor fala sobre o rico não entrar no Céu, Ele está falando do apego, não das riquezas materiais em si. Ora, José de Arimateia era um de seus melhores amigos, e era um homem muito rico. Se fosse errado ter tantas posses, Nosso Senhor não teria advertido José de Arimateia?

O problema está em apegar-se aos bens deste mundo, sejam eles dinheiro, posses ou pessoas. Deus dá e Deus tira, Ele é quem sabe o que devemos ter ou não ter, como devemos viver. Ele está no comando.

Quantas vezes vemos campanhas de arrecadação de fundos para ajudar uma instituição, uma paróquia, uma escola, um mosteiro, e pensamos: “ah, por que não aparece uma pessoa muito rica e proporciona esta ajuda?”. E por que nós não podemos ser estes ricos e ajudar os que precisam? Para isso existe a riqueza: para proporcionar uma vida melhor para nós e para ajudar ao próximo.

Já pensou nisso?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de fazer seu comentário: ele deve ser relacionado ao post, e feito respeitosamente. Reservo-me o direito de não publicar comentários que julgue desnecessários ou desrespeitosos. Os comentários não expressam a minha opinião e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.