quarta-feira, abril 11, 2018

Tradição ou não?



Vez ou outra ouço gente reclamando que os tradicionalistas são complicados (perturbados, rígidos, fechados, etc.). E há os que tanto reclamam, que terminam por afastar-se da Tradição por causa de tradicionalistas.

Muito pode-ser discutir sobre o assunto, mas serei breve. Exporei somente a minha opinião.

Justamente por ser a Tradição aquela que guarda inteiro o depósito da Fé é que as pessoas pensam que deveriam encontrar somente gente equilibrada, devota, no meio tradicionalista. Mas, infelizmente, não é a realidade.

Penso que o que importa é a verdade. Se há gente louca ou fofoqueira ou o que quer que seja no meio tradicional, não me interessa tanto quanto o fato de a Tradição Católica ser boa, pois nela estão a Fé inteira, a Missa de sempre, a Doutrina Católica de fato. É assim que vejo.

Então, sou tradicionalista porque a Tradição Católica vale a pena. Por mais que haja gente perturbada (coisa que há aos montes em outros grupos, como RCC, por exemplo), eu prefiro a Tradição. 

Em todos os grupos por onde andei (seja dentro ou fora da Igreja) eu vi gente perturbada. É o mundo, é a crise espiritual, é assim. Paciência.

E digo, com todo carinho, aos que criticam: cuidado ao explicitar demais os defeitos de um grupo católico, pois pode afastar da Verdade os que precisam dela. Os que estão de fora não vão querer saber da doutrina verdadeira por medo de envolverem-se com gente da qual poderão não gostar. 

É isso o mais importante, as pessoas? Ou o mais importante é a Tradição?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de fazer seu comentário: ele deve ser relacionado ao post, e feito respeitosamente. Reservo-me o direito de não publicar comentários que julgue desnecessários ou desrespeitosos. Os comentários não expressam a minha opinião e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.