quarta-feira, fevereiro 19, 2020

Não deixe o Inimigo escolher sua luta



Uma vez ouvi um padre comentar algo muito interessante sobre o combate espiritual, ele disse que na vida espiritual nós temos que definir o campo de batalha. Não podemos deixar o Demônio decidir qual será a batalha, somos nós que temos de escolher qual pecado ou qual defeito a ser combatido. Se o campo ficar aberto sem que nós escolhamos qual vai ser a luta, então o Inimigo é quem escolherá e será sempre uma escolha ruim, pois ele fará de tudo para que percamos nossa alma.

Não podemos somente combater o pecado mortal, temos que lutar contra o pecado venial e as imperfeições também. Não devemos deixar que o Inimigo coloque a batalha na Fé, na Pureza ou na nossa vocação. Pois se assim o for, ele causará tamanha confusão que poderá nos perder. Façamos batalha contra nossas imperfeições, contra os pecados veniais deliberados, tenhamos sempre algo para combater, assim nossa vida espiritual terá fôlego, será de crescimento e não de estagnação (que sempre leva à queda). Se não combatermos nossos defeitos e pecados veniais deliberados, o Inimigo colocará coisas maiores no campo de batalha, e isso é muito perigoso. Nada de tibieza, arregacemos as mangas e partamos para combater nossas imperfeições já, agora, enquanto estamos aqui neste mundo. Porque depois será tarde demais.

Se você está lutando contra a impureza, pense em lutar para adquirir a Paciência. é melhor lutar para ser paciente em vez de ficar pensando na pureza, pois para quem está sendo muito tentado contra a Castidade até pensar nisso aumenta os pensamentos impuros. Então peça a Deus para ser paciente e fuja das ocasiões de pecado. Converse com seu confessor ou com seu diretor espiritual.

Nossa batalha espiritual deve ser afastada para longe do terreno da Fé, da Pureza, da nossa vocação. Nada disso deve ser colocado em dúvida. Nós é que devemos colocar nossas lutas, e Deus nos ajudará. Pense nisso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de fazer seu comentário: ele deve ser relacionado ao post, e feito respeitosamente. Reservo-me o direito de não publicar comentários que julgue desnecessários ou desrespeitosos. Os comentários não expressam a minha opinião e são de total responsabilidade de seus autores.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.