terça-feira, janeiro 25, 2011

Tragédia em Friburgo (RJ): ajuda aos necessitados


Vejam abaixo como ajudar os necessitados da tragédia na região serrana do Rio de Janeiro. O texto foi retirado do Contra Impugnantes.

***

Por Sidney Silveira

Uma das sobrinhas de D. Tomás, prior do Mosteiro da Santa Cruz, em Friburgo, envia-me o email cujo texto segue abaixo:

“Queridos,

como vocês sabem, minha cidade de Nova Friurgo foi uma das assoladas pelas últimas fortes chuvas. Minha família passa bem, meu bairro não foi afetado. Porém, temos vários amigos que tiveram suas casas completamente inundadas pela água barrenta e, conseqüentemente, perderam todos seus pertences: roupas, móveis, utensílios. Alguns amigos morreram.

Muitas famílias perderam a casa completamente, levada pela chuva ou soterrada. Estas pessoas estão em abrigos especiais que as acolheram, onde recebem comida, roupa e água. Porém, aqueles que não perderam a casa completamente não vão para os abrigos, pois ainda têm casa. Estão pouco a pouco tirando quase 1 metro de lama que ficou dentro da casa.

É para estes amigos que venho pedir a ajuda de vocês. Estão chegando bastantes doações, mas elas vão todas para os desabrigados, fazendo com que essa última categoria de pessoas fique um pouco "abandonada" à ajuda de amigos e familiares para reconstituirem sua casa. Essas pessoas não têm roupas, não têm utensílios, não têm nada. A comida conseguem comprar, mas é impossível reconstituir uma casa inteira de uma hora pra outra.

Se cada um pudesse doar pelo menos uma muda de roupa (1 blusa + 1 calça + 1 meia, por exemplo, masculina ou feminina) já seria de grande valia e ajuda. Se tiverem utensílios de cozinha, ou do dia-a-dia que não estejam mais usando, passem para quem está precisando muito. Eu fico encarregada de recolher e entregar pessoalmente a estes amigos que tiveram somente a parede de suas casas poupadas. As doações oficiais não chegam até eles.

Se puderem doar algo, respondam-me para combinarmos como recolher. Estou indo para Friburgo hoje, volto na 2a. feira de carro para buscar mais donativos.

Agradeço desde já, abraços a todos”.

Portanto, quem (sobretudo no Rio de Janeiro) puder e quiser ajudar, por favor, envie email para leticiafcosta@yahoo.com.br.