segunda-feira, janeiro 14, 2019

Comentários Eleison: Arapuca fechada?

Comentários Eleison – por Dom Williamson
Número DC (600) (12 de janeiro de 2019)



ARAPUCA FECHADA?


Algo deve ceder, e não será a Verdade,
Mesmo quando desprezada, sua juventude mantém a imortalidade.

E assim, a Igreja e o mundo passaram outro ano do calendário com todos os preparativos para uma terceira Guerra Mundial que tende a varrer a humanidade da face da terra. E estes "Comentários" chegaram ao número 600, quando parece que ontem mesmo eles estavam celebrando o número 500. O mundo está girando em um ritmo vertiginoso – em latim, "volvitur orbis" –, mas Deus Todo-Poderoso segue plenamente no comando, e Sua Cruz firmemente plantada, sem mover-se – "stat crux". Ele dá um grande grau de liberdade para Seus inimigos, para que atuem como seu flagelo sobre uma geração ateia. Mas o flagelo é para o bem, para separar as ovelhas das cabras, e para impedir que as ovelhas deslizem para o inferno. E que seus inimigos não pensem que obterão o melhor d’Ele – Ele usou os assírios para castigar os israelitas, mas ai dos assírios que pensaram que escapariam de Sua Justiça (Isaías X, especialmente o versículo 15)! De Deus não se escarnece.

Mas no centro mesmo dos problemas do mundo está o problema sem precedentes da Igreja Católica. A Igreja depende de sua hierarquia de Bispos e sacerdotes, pela qual seria lógico que se Deus planejou que Sua Igreja sofresse uma decadência antes do fim do mundo (Lc. XVIII, 8), então a hierarquia deveria estar envolvida, e esse foi o Concílio Vaticano II (1962-1965). O tempo de sua fortaleza durou desde a Contrarreforma nos anos de 1500, fazendo quatro séculos admiráveis de catolicismo, Mas depois dessa resistência a hierarquia cedeu, e substituiu a Igreja Católica de Deus por sua própria igreja nova ou conciliar. Na década de 1970 ainda havia fé suficiente nos católicos para tornar possível uma continuação séria da resistência, para a qual o Arcebispo Lefebvre e sua Fraternidade Sacerdotal São Pio X forneceram orientação, mas depois de mais quarenta anos seus sucessores renunciaram a esse esforço, e então os católicos se encontraram mais abandonados do que nunca.

Hoje em dia parece que a vida ainda está sendo drenada para fora deles. É uma ilusão agir ou reagir como se ainda estivéssemos na década de 1970. "Volvitur orbis". O mundo seguiu em frente, e com ele, a Igreja. Condições extremas exigem medidas extremas. Assim como as anteriormente prósperas instituições católicas se transformam lentamente em uma farsa atrás da outra, os católicos se transformaram lentamente em fantasmas ambulantes daquilo que eram antes, e parece que há muito pouco que podem fazer a respeito. Nem a retórica nem as palavras bonitas são a solução. As palavras bonitas estão desgastadas, e a retórica é oca. Os católicos dependem de sua hierarquia, e sua hierarquia está abatida. O Pastor foi ferido, as ovelhas estão dispersas, e de nada adianta se voltarem para o pastor atingido. Ele se foi!

Uma notícia recente, ou rumor – a geometria varia, segundo a reação do público –, é que a subcongregação romana, Ecclesia Dei (ED), fundada por Roma imediatamente após as Consagrações de 1988 da Fraternidade para alcançar os católicos tentados a ssguir o Arcebispo Lefebvre em vez de Roma, vai ser reabsorvida na Congregação para a Doutrina da Fé (CDF). Aparentemente, a reabsorção deveria ter sido anunciada em 20 de dezembro, mas Roma talvez tenha pensado duas vezes. Porque enquanto os próprios líderes atuais da Fraternidade podem estar muito felizes por renunciarem ao alcance especial da ED, e de porem fim assim ao seu próprio “cisma” (segundo sua visão) ao permanecerem completamente sob a CDF “normal”, pode ser que ainda haja um número suficiente de católicos que queira que Roma faça pelo menos algum gesto em favor da Tradição e mantenha a ED. Mas esta é há muito tempo um engano. Tanto Roma como os líderes da Fraternidade querem que se feche a arapuca romana...

Então, o que devem fazer os católicos que têm a Fé e querem mantê-la? Antes de tudo, avaliem a situação. O edifício da Igreja em Roma foi cimentado por duzentos e cinquenta anos de sangue de mártires, sangue jorrado de homens, mas também de muitas moças. Onde estão os potenciais mártires de hoje? Deus Todo-Poderoso está farto dos católicos que se tornaram mais e mais fracos na Fé através dos séculos, e está trazendo de volta os leões para formar alguns candidatos dignos para o Céu. Em segundo lugar, cinjamos nossos lombos de acordo com isto, e nos humilhemos ante a Sabedoria e a Justiça de Deus. Em terceiro lugar, lembremo-nos de que muitos dos últimos podem prontamente serem os primeiros, e vice-versa. E em quarto lugar, sempre: "Vigiai e orai, vigiai e orai; todos os dias quinze mistérios deveis rezar".

Kyrie eleison.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de fazer seu comentário: ele deve ser relacionado ao post, e feito respeitosamente. Reservo-me o direito de não publicar comentários que julgue desnecessários ou desrespeitosos. Os comentários não expressam a minha opinião e são de total responsabilidade de seus autores.